INHOTIM – Jardim Botânico

Com o título de JARDIM BOTÂNICO, recebido pela Comissão Nacional de Jardins Botânicos (CNJB) em 5 de abril de 2010, o Instituto Cultural Inhotim que, também, é reconhecido, pelo Governo Federal e pelo Governo de Minas Gerais, como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) realiza a SEMANA DO MEIO AMBIENTE INHOTIM 2011, de 29 de maio a 5 de junho de 2011.

Êta lugar gostoso esse INHOTIM viu!!! Desta vez fui por um novo caminho passando pela BR-040 e entrando a direita para o Retiro do Chalé. O caminho é asfaltado até lá, uma boa opção para quem está na zona sul de Belo Horizonte. A estrada é sinuosa, porém, está bem conservada e a paisagem é super agradável. Vejam o que encontramos pelo caminho: uma curiosa estátua de um índio segurando um bezerro. Alguém sabe dizer o porque dessa estátua ai? Outra opção bacana para ir ao INHOTIM é passando por CASA BRANCA. Esse trajeto é para os mais aventureiros e que não se importam com estrada de terra. Eu particularmente, adoro passar por esse caminho. É mais bucólico e a estrada nem é tão ruim. São cerca de 35 km de terra.
A última vez que estive no INHOTIM foi em abril de 2010. De lá pra cá, encontramos algumas novidades, por sinal super agradáveis. Claro, algumas muito doidas, frutos delirantes dos artistas. São elas:
1) O “Viveiro Educador e o Núcleo de Pesquisa Inhotim – uma área interativa, onde podemos observar, tocar e sentir diversas espécies da flora terrestre: planta tóxicas, aromáticas, medicinais e ornamentais. Pena foi a visita à estufa ter sido suspensa nesse dia. O sentimento foi frustrante, mas não nos deixamos contaminar por ele, tendo em vista o que ainda tínhamos para apreciar.

 

 

 

2) Outra novidade interessante é a possibilidade do Visitante adquirir “passagem” para circular de carro elétrico por 3 circuitos pré-determinados. O preço pago foi R$10,00 (dez reais) por pessoa, que dá o direito de andar o tanto que for necessário. Vale a pena contratar os serviços já que as distancias entre as obras estão ficando muito grandes e alguns caminhos íngremes e sob o Sol.
3) A Galeria da artista VALESKA SOARES: um pavilhão de forma octogonal,inspirado nos tradicionais gazebos de jardim, à beira de um lago isolado. Este pavilhão recebe Folly (2005-2009), cujas imagens fantasmagóricas são refletidas infinitamente nas paredes de espelho de seu interior. Estava fechado para manutenção (?!?!?)

4) A escultura de CHRIS BURDEN denominada Beam Drop Inhotim (2008): 71225 vigas de construção foram jogadas por um guindaste de uma altura de 45 metros, dentro de uma vala cheia de cimento fresco, durante um período de 12 horas. O padrão aleatório das vigas caídas formou a obra, numa interpretação da gestualidade do expressionismo abstrato, ao
mesmo tempo propondo uma desconstrução da escultura moderna. Esta peça é a recriação, em formato maior, de um trabalho originalmente instalado em 1984, no Art Park, no Estado de Nova York, e destruído em 1987.
5) É impossível, dentro do horário de funcionamento do INHOTIM (9:30 às 16:30) apreciar com calma todas as obras, mas vale apena apreciar por 30 minutos (tempo completo de execução) a obra de JANET CARDIFF & GEORGE BURES MILLER
THE MURDER OF CROWS (2008): Num amplo espaço, os artistas instalaram um ambiente sonoro inspirado na gravura O sono da razão produz monstros (1799), de Goya, composto de gravações de marchas, canções de ninar, texto falado e composições musicais, assim como de uma trilha de efeitos incidentais. Soando de 98 alto falantes montados em cadeiras, em pedestais e nas paredes e evocando uma revoada de aves, a obra conduz o espectador através de uma narrativa de sonho que revela as qualidades físicas e escultóricas do som. Uma amostra do trabalho pode ser apreciada nos meus vídeos no Facebook. Click aqui para assistir.
Bom, tem muitas outras mais novidade, pois o Jardim Botânico é um órgão vivo em constante transformação. Para saber mais, entre no site do INHOTIM. Ante de terminar o post, quero agradecer à organização do INHOTIM por esse presente para Minas Gerais e parabenizá-los pelos trabalhos desenvolvidos.

Anúncios

Sobre Sabino

Aproximei pelo que vi, permaneci, ou não, pelo que descobri.
Esse post foi publicado em Arte e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para INHOTIM – Jardim Botânico

  1. path disse:

    Já estava com saudades dos seus belos posts… o lugar e lindo eu quero conhecer
    beijos no coração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s