Chica da Silva e a Gula

Quando o João ficava fora
muitos dias sem chegar
a Chica ficava louca
e se punha a gritar

Preparem logo um banquete
com tudo o que há na cozinha
botem assim mesa farta
que quero cear sozinha!
Não; mudei de idéia
chamem todo o arraial
quero que vejam que aqui
não existe mesa igual

Se punha na cabeceira
com o povo todo ansioso
e se entupia de comida
achando maravilhoso

Comia carne defumada,
peixe, frango, leitão,
doces, pudins, frutas secas,
vinho, licor, faizão

Todos olhavam babando nunca viram tanta iguaria mas não podiam servir enquanto nhá Chica comia

Prá matar sua ansiedade
ou saudades do doutor
comia pelos cotovelos
até depois sentir dor

Gritava então pras mucamas
empanturrada feito um cão
puxem as toalhas de mesa
quem quiser coma no chão.
Marcial Ávila

Anúncios

Sobre Sabino

Aproximei pelo que vi, permaneci, ou não, pelo que descobri.
Esse post foi publicado em Literatura e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Chica da Silva e a Gula

  1. path disse:

    Se queres conhecer uma pessoa… dé-lhe PODER….
    A gula também é uma manifestação de egoísmo
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s