Chica da Silva e a Cobiça

Chica já tem casa
Jóias, diamantes, corôa
Já tem corte com escravos
E se veste qual pavoa

Anda sempre irritada
Acha pouco, ela quer mais
Quer igualar-se as rainhas
Com seus ouros e cristais

Tem capela, tem igreja
Com santo, anjo, e querubim
Tem banda, tem procissão
Com os seus toques de clarim

Ela diz ao seu amante
Sou a “Dona das Gerais”?
Pois me faça um castelo
Com torres e com vitrais

E o castelo então se ergue
Com teatro só pra ela
Mostrando à sua amada
Sua corte entre as mais belas

Mas ela ainda tinha um sonho
Sonho bobo quase infantil
Pisar areia branca
E do mar ver seu anil

A ele não podia ir
Devido sua condição
E sua cabeça rodava
Com tamanha humilhação

E como não se detinha
Diante de nenhum obstáculo
Recorreu ao seu amado
E este fez o espetáculo

O amor do João Fernandes
Que por ela era infinito
Lhe deu então seu presente
E talvez o mais bonito

E a “Rainha do Tijuco”
Que não perdia batalha
Teve seu mar com um navio
E seu castelo na Palha
Marcial Ávila

Anúncios

Sobre Sabino

Aproximei pelo que vi, permaneci, ou não, pelo que descobri.
Esse post foi publicado em Literatura e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Chica da Silva e a Cobiça

  1. FATIMA NASCIMENTO disse:

    MUITO BOM PARABENS VAI AJUDAR MUITas pessoas a trabalhar suas mente para a mudança de mente para ser e ter o melhor; MANTENHA ME INFORMADO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s