Transtorno de Personalidade Paranóide x Assédio Moral

Que alívio: “Os membros de grupos minoritários, imigrantes, refugiados políticos e econômicos ou indivíduos de diferentes bagagens étnicas podem apresentar comportamentos reservados ou defensivos, devido à falta de familiaridade (por ex., barreiras lingüísticas ou falta de conhecimento de regras e regulamentos) ou em resposta a uma negligência ou indiferença percebida da parte da sociedade majoritária.

Esses comportamentos, por sua vez, podem gerar raiva e frustração nas pessoas que lidam com esses indivíduos, desta forma estabelecendo-se um círculo vicioso de desconfiança mútua, que não deve ser confundido com Transtorno da Personalidade Paranóide. Alguns grupos étnicos também exibem comportamentos relacionados à cultura, que podem ser erroneamente interpretados como paranóides.”

Seria o ASSÉDIO MORAL uma tentativa de despertar o comportamento PARANÓIDE?

Uma Juíza pronunciou-se quando interpelada sobre DANO MORAL à um certo réu:

O dano moral consiste na agressão à dignidade humana, sendo configurado diante da … dor, vexame, sofrimento ou humilhação que, fugindo à normalidade, interfira intensamente no comportamento psicológico do indivíduo, causando-lhe AFLIÇÕES, ANGUSTIA e DESEQUILÍBRIO EM SEU BEM ESTAR (Programa de Responsabilidade Civil, Sérgio Cavalieri, 5ª er., pág.98), Sua reparação é garantia constitucional, prevista no art. 5º inciso X da CF, em caso de violação à intimidade, vida privada, honra e imagem da pessoa.

O ASSÉDIO MORAL é espécie de dano moral. No contrato de trabalho, é caracterizado pela MANIPULAÇÃO PERVERSA, RIGOROSA, INSIDIOSA e REITERADA, mediante palavras, gestos e escritos, praticada pelo superior hierárquico ou colega contra o empregado, atentatória à sua dignidade ou integridade psíquica ou física, objetivando desestabilizá-lo emocionalmente, expondo-o a situações incômodas, vexatórias e humilhantes, ameaçando seu emprego ou degradando seu ambiente de trabalho.

Discordâncias, descontentamentos, decepções, aborrecimentos e mágoas não respaldam o dever reparatório. Mero DISSABOR, ABORRECIMENTO, MAGOÁ, IRRITAÇÃO ou SENSIBILIDADE EXACERBADA estão fora da órbita do dano moral …não são intensas e duradouras, a ponto de romper o EQUILÍBRIO PSICOLÓGICO do indivíduo. Tratam-se de TRIVIAIS ABORRECIMENTOS.

Caro leitor, preste atenção nas falas insidiosas, repetitivas, nos julgamento direcionados à sua personalidade, nas perguntas capciosas e mal intencionadas das pessoas que o cercam. Não se fruste com derrotas atribuídas ao seu gênio, ao seu temperamento, cerque-se de pessoas que torçam pelo seu sucesso, que não deixam Você ser menos do que é!

O pior tipo de CONSPIRAÇÃO é aquela que visa destruir o INDIVÍDUO, ou mesmo, que visa mantê-lo na subserviência. Como são medíocres esses conspiradores!

Minha sugestão: Não fique muito ligado na mídia dominadora não. Cuide de Você, da sua família, de quem Você ama, e de quem te ama de verdade. O resto, larga pra lá, desconsidere, não fique ligado. Seus sentimentos são provenientes do seus pensamentos, Você não terá controle sobre eles (sentimentos) se pensar nas bobagens absorvidas nos bombardeios da mídia manipuladora e formadora de opinião  a serviço de interesses escusos, ou oriundas das pessoas que estão “pseudo-preocupadas com seu bem estar”.

Anúncios

Sobre Sabino

Aproximei pelo que vi, permaneci, ou não, pelo que descobri.
Esse post foi publicado em Saúde e bem-estar e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s