Conceito: amar é…

“Há coisas bonitas demais na vida pra se ir dela antes da hora, por causa de um amor idiota.”
Frase impactante, mas permita-me uma observação: não existe “amor idiota”. Existe sim, idiotas que confundem paixão com amor, idolatria com amor. Existem aqueles que desconhecem o amor, por ignorância mesmo, e acreditam que são capazes de amar. Não foram educados para amar. Há os que amam por intuição,  mas não sabem.
Amar é…não engaiolar desejos, uma arte. Esculpir a pedra bruta. Lapidar o diamante. Descobrir a pedra preciosa e tranforma-la numa jóia. Amor que limita é jóia falsa. B I J U T E R I A!
Amar não é domar o garanhão.
Limitar uma vida, não é um ato de amor. Desculpe ai poeta mascarado.
Quem ama, de verdade, está preparado para sentir dor, porque sabe que a dor é apenas o sinal de uma transformação. O fim é o princípio de um novo começo. Putz!!! nessa me superei.

Anúncios

Sobre Sabino

Aproximei pelo que vi, permaneci, ou não, pelo que descobri.
Esse post foi publicado em FiloSorfando. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Conceito: amar é…

  1. cristina disse:

    Parafraseando Victor Hugo, “há pensamentos que são orações” mas seu texto,
    cheio de inspiração, foi muito além de qualquer prece. Adorei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s